Voltar para página inicial

Meio Ambiente

Aurora Coop investe em sustentabilidade no transporte

2/10/2023

Aurora Coop investe em sustentabilidade no transporte

A Cooperativa Central Aurora Alimentos (Aurora Coop) está aumentando os investimentos em uma logística ainda mais sustentável e, com isso, amplia a presença no mercado internacional. A intenção é otimizar os recursos e minimizar expressivamente os impactos socioambientais, com redução de desperdícios e emissão de gases poluentes.

Entre as novidades estão o investimento no modelo ferroviário, em frota a gás para a operação porta-container, em caminhões mais modernos com tecnologia compatível com nova legislação; armadores com navios com selo de transporte sustentável e selo de redução de CO’2; veículos elétricos, entre outras.

TRANSPORTE FERROVIÁRIO

A Brado Logística será a prestadora do serviço ferroviário e os embarques serão realizados diariamente em Cambé (PR), seguindo para o Porto de Paranaguá (PR). Para o volume esperado, a Brado concedeu um certificado voltado para o ESG com redução estimada de aproximadamente 2.909,69 toneladas de CO’2 no período de um ano, o equivalente à emissão anual de 628 veículos. Para absorver todo esse gás carbônico seria necessário o plantio de 20.775 árvores.

De acordo com Alexandre Leal Capella, coordenador de Planejamento Internacional da Aurora Coop, é fundamental pensar em novas estratégias de embarque devido ao aumento no volume de exportações da Aurora Coop. Mesmo com um tempo operacional maior, o modal ferroviário possui um custo menor em relação ao rodoviário, redução de fluxo de veículos nas estradas e redução na emissão de CO’2. O processo logístico desde a coleta do container vazio até a entrega carregado no Porto de Paranaguá (PR) levará, em média, 20 dias.

“Temos consciência que o CO’2 é um grande vilão na questão ambiental, pois é um dos responsáveis pelo superaquecimento do planeta, o que gera desequilíbrios ambientais severos. Com a nossa ação estamos contribuindo para um planeta melhor, não só para nós, mas para as futuras gerações”.

Capella informa ainda que a unidade de importação e exportação da Aurora Coop em Itajaí (SC) elevará, estrategicamente, os embarques via Porto de Paranaguá (PR) neste ano de 2023. Mensalmente, serão carregados 144 contêineres, que serão transportados por modal ferroviário.

VEÍCULOS A GÁS

Diante das novas tecnologias e das transformações nas políticas nacionais destinadas a diminuir a emissão de poluentes, a Aurora Coop identificou a necessidade de se ajustar aos padrões modernos, com a adoção de soluções mais sustentáveis.

A redução na poluição ambiental que o caminhão movido a gás oferece são diferenciais considerados quando se cogita a possibilidade de substituir o diesel, combustível já consolidado no mercado de caminhões.

No projeto pioneiro nas operações de transporte internacional porta container, o modelo utilizado será um veículo Scania – R 410, que também conta com os serviços de conectividade da marca para monitoramento de sua performance.

Américo Luiz Boemer Júnior, coordenador de Operações Portuárias da Aurora Coop, explica que a idealização surgiu por meio de uma parceria em conjunto com um de seus transportadores, que disponibilizou um caminhão para um teste-piloto de 30 dias. “No futuro pretendemos ter mais veículos sustentáveis afim de termos uma operação com menos poluentes possíveis”.

Na prática, “a expectativa é de que estaremos contribuindo para o planeta com redução de CO’2 e a redução de ruído de até 20% comparado aos veículos da mesma categoria movidos a diesel. A entrada deste veículo na operação porta-container na Aurora Coop traz adoção de soluções mais sustentáveis”, destaca Américo.

FROTAS EURO 6

A frota de veículos médios e pesados da Aurora Coop também está em fase de renovação. A substituição do Euro 5 para o Euro 6 faz parte do movimento para diminuir a emissão de gases. Houve mudança na legislação e, com isso, todos os veículos de carga movidos a diesel, com peso bruto total (PBT) acima de 3,5 toneladas fabricados no Brasil a partir de janeiro desse ano devem possuir o sistema Euro 6. Na Aurora Coop, os veículos fabricados até 2022 podem continuar trabalhando, porém, o transportador que investir na nova tecnologia receberá uma bonificação como forma de incentivar a renovação.

VEÍCULOS ELÉTRICOS

Desde o ano passado, a Aurora Coop inclui a utilização de veículos elétricos em sua frota de entrega de produtos refrigerados. A iniciativa surgiu como parte dos projetos de inovação e foi implementada pela área de Logística, em função da insegurança de quem opera com veículos a diesel em decorrência dos aumentos do custo do litro do combustível, aliado à preocupação com a poluição do meio ambiente e o aquecimento global.

De acordo com os valores sustentáveis da cooperativa, os veículos atendem as legislações ambientais, minimizam a poluição sonora, permitindo a utilização em horários alternativos e geram menor vibração e ruído interno, o que traz mais conforto laboral aos motoristas.

A projeção para os próximos anos é utilizar 45 veículos elétricos, distribuídos em todo o Brasil. Os caminhões são modelo VUC (veículo urbano de carga), indicados para circular em áreas urbanas, para atender entregas de varejo que realizam mais de 600 entregas por mês. Além da propulsão elétrica, também possuem baú refrigerado com equipamentos 100% elétricos.

A substituição de um Veículo Urbano de Carga (VUC) movido a diesel por um elétrico deixa de emitir mensalmente 9.000 kg de monóxido de carbono, o que equivale ao plantio de 65 árvores para neutralizar suas emissões. O projeto também reforça o compromisso da Aurora Coop em inovar e investir cada vez mais em sustentabilidade.

Elton Strada, coordenador de Transporte Primário da Aurora Coop, salienta que os veículos com o sistema possuem redução na emissão de gases poluentes, fazendo com que a frota com essa tecnologia reduza significativamente a agressão ao meio ambiente. Os veículos da Aurora Coop são 100% terceirizados e a forma de incentivo já está ajudando vários transportadores que renovaram suas frotas.

“Os veículos são utilizados em inúmeras operações da Aurora Coop e em diversas regiões do país, atuando desde operações no campo, entregas de longas distância até mesmo distribuição urbana de produtos. A Aurora Coop tem agregada, em sua frota, praticamente todas as categorias e tamanho de veículos existentes no mercado”, ressalta o coordenador de Transporte Primário.

TRANSPORTE MARÍTIMO – NACIONAL

Outro meio de transporte que otimiza a logística da Aurora Coop é o Sistema de Cabotagem, utilizado desde 2007. O embarque é feito por dois portos: Itapoá e Navegantes. O volume médio transportado em 2022 foi de 217 cargas por mês. “Entre os benefícios destacam-se a redução de veículos na frota; diminuição do custo com fretes (modal economicamente mais viável) e redução do risco com acidentes e roubos/furto de cargas. Os ganhos ambientais incluem menor consumo de combustível e redução na emissão de poluentes comparado ao transporte rodoviário”, salienta Julia Borilli, coordenadora de Planejamento e Programação Logística da Aurora Coop.

TRANSPORTE MARÍTIMO – INTERNACIONAL

Desde 2021, a Aurora Coop investe na melhoria contínua da sustentabilidade junto à compra de transporte marítimo internacional, trazendo para a cadeia logística uma novidade, voltada à sustentabilidade, é o ACT + Positive offset. Um produto que oferece a compensação de carbono com a possibilidade de reduzir as emissões residuais por meio da participação em um portfólio de projetos apoiados por meio da compra de créditos de carbono.

Segundo Flavio Werner, coordenador de Fretes Internacionais da Aurora Coop, com o ACT + Positive Offset a Aurora Coop compensa as emissões de CO’2 na atmosfera através de apoio aos projetos reconhecidos internacionalmente. A cada trimestre a empresa recebe um certificado, reconhecido por organizações internacionais, como Gold Standard ou VCS.

Desde o início do projeto a redução estimada foi de aproximadamente 6.786 toneladas de CO’2, em um período de três anos, o que equivale a emissão de 1.465 veículos.

LEIA TAMBÉM

Reutilização de garrafas PET como  enriquecimento ambiental para frango de corte

Bem-estar animal

14/12/2023

Reutilização de garrafas PET como enriquecimento ambiental para frango de corte

A Pif Paf Alimentos tem como base da sua cadeia a proteína de origem animal e, diante disso, preconiza o respeito a […]

Leia mais
JBS firma parceria com bancos para financiar ações ambientais no campo

Meio Ambiente

08/11/2023

JBS firma parceria com bancos para financiar ações ambientais no campo

Por meio dos Escritórios Verdes, a JBS conectará produtores rurais ao Banco do Brasil e ao Bradesco para obtenção de crédito voltado […]

Leia mais
Unidade da BRF otimiza gestão hídrica

Meio Ambiente

16/10/2023

Unidade da BRF otimiza gestão hídrica

A unidade de Capinzal da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, está otimizando sua gestão hídrica em sintonia com […]

Leia mais