Voltar para página inicial

Bem-estar animal

Unidade de aves conquista excelência em bem-estar animal

27/05/2024

Unidade de aves conquista excelência em bem-estar animal

A Aurora Coop – um dos maiores conglomerados agroindustriais do país – foi uma das primeiras empresas brasileiras a aderir ao Programa Nacional de Abate Humanitário, em 2009, iniciativa pioneira na política de bem-estar animal que, atualmente,  tornou-se uma prioridade na indústria de processamento de carnes.

Agora, o Frigorífico Aurora Coop Mandaguari, no Paraná, acaba de receber uma rigorosa auditoria que certifica o emprego das diretrizes de bem-estar animal. Essa foi a primeira auditoria do gênero realizada em uma empresa do Brasil e foi baseada no protocolo Global Animal Wellness Standard – Poultry Slaughter, da NSF International.

A auditoria comprovou que a unidade de abate e processamento de frangos da Aurora Coop de Mandaguari alcançou um índice de conformidade excepcional, entre 95% a 100%, satisfazendo totalmente as expectativas do protocolo.

O diretor vice-presidente de agronegócios Marcos Antônio Zordan observou que “o excelente resultado alcançado na auditoria mostra o compromisso sólido da Cooperativa em relação ao bem-estar dos animais no sistema de produção.”

O dirigente destacou que as práticas auditadas em Mandaguari são semelhantes em todas as unidades da Aurora Coop. As nove plantas de abate e processamento de aves, juntas, têm capacidade instalada para o abate de 1,607 milhão de frangos por dia. Em 2023, essas plantas industriais abateram 320,8 milhões de cabeças de frangos, registrando um incremento de 11% em relação à totalidade de aves abatidas em 2022. As práticas de bem-estar animal têm o engajamento de toda a base produtiva no campo, formada por 2.236 propriedades de avicultores cooperados localizados em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.

Situação idêntica ocorre na área de suínos, onde as oito plantas têm uma capacidade de abate e processamento de 32.092 suínos por dia. As unidades industriais de suínos instaladas em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul abateram no ano passado 7,376 milhões de cabeças, volume 3,2% superior ao ano anterior. Participam das ações de bem-estar animal os 3.625 produtores rurais (cooperados) integrados no campo, constituindo a base da estrutura de produção suinícola da Aurora Coop.

LEIA TAMBÉM

Brasil deve bater recorde em produção e exportações de carne de frango

Dados Setoriais

02/10/2023

Brasil deve bater recorde em produção e exportações de carne de frango

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) atualizou seus dados e projetou recordes para a produção e as exportações de carne de […]

Leia mais
Lar investe em produção de biodiesel de soja

Meio Ambiente

22/05/2024

Lar investe em produção de biodiesel de soja

A evolução das práticas agroindustriais sustentáveis passa, necessariamente, pela transformação das matrizes energéticas que movem os processos produtivos. É com este espírito […]

Leia mais
Reutilização de garrafas PET como  enriquecimento ambiental para frango de corte

Bem-estar animal

14/12/2023

Reutilização de garrafas PET como enriquecimento ambiental para frango de corte

A Pif Paf Alimentos tem como base da sua cadeia a proteína de origem animal e, diante disso, preconiza o respeito a […]

Leia mais